Desenhos animados de ontem VS de hoje

No nosso tempo é que era bom não era? É o que todos temos o hábito de pensar mas será que é mesmo assim?

No meu tempo

Como uma criança dos anos 80 as minhas principais recordações em termos de desenhos animados já não são propriamente aquelas obras fofas eternamente referidas como Abelha Maia e Heidi. Em vez disso eu via bonecada cheia de aventura, ação e ficção científica. M.A.S.K., SilverHawks, BraveStarr, The Centurions e um dos meus prediletos da altura, Saber Rider and the Star Sheriffs, que eram todos mais ou menos cópias uns dos outros mas eu gostava de todos. Mais original era o Turbo Teen sobre um adolescente que se transformava num carro… mas essa ideia era apenas parva.

Os Thundercats nunca me sairão da memória, épicos e misteriosos e as Tartarugas Ninja fizeram-me começar a colecionar Banda Desenhada! 

A primeira vez que vi os Cavaleiros do Zodíaco tinha 4 anos e apanhei-os a dar em espanhol na TVE… acho que fiquei meio traumatizado sinceramente porque nunca mais me saiu da cabeça que o primeiro episódio que vi envolvia uma “intervenção médica” em ambiente não hospitalar, em que o Cavaleiro do Dragão, para salvar o seu amigo envenenado fez-lhe uma data de furos no corpo com os dedos  para que o sangue esguichasse e o veneno saísse! Fiquei aterrorizado e só voltei a ver a série lá para os 8 anos… aí sim já fiquei verdadeiramente obcecado por estes bonecos, tanto que quando a RTP decidiu deixar de passar Os Cavaleiros do Zodíaco na parte mais importante da saga, acho que foi a primeira vez que me partiram o coração.

Claro que não era só pancaria, alguns bonecos dos anos 80/90 tinham mensagens positivas. O Capitão Planeta ensinava-nos a ter cuidado com o ambiente ou então tínhamos que invocar um super herói de cabelo verde para resolver os problemas e tenho que voltar a referir os Cavaleiros do Zodíaco que ensinaram-me que o nosso corpo tem litros do sangue  que podem ser facilmente expelidos se soubermos usar o poder do cosmos.

Só existiam heróis musculados de estilo militarista? Não, havia muitos outros tipos de bonecos, do Inspector Gadget, Scooby Doo e aos Muppet Babies… eu via e gostava de tudo mas os que referi anteriormente foram os que mais me marcaram.

No tempo dos meus filhos

E agora como estão as coisas? O que as crianças vêem hoje em dia é um lixo, certo?

Nem por isso! Sinceramente acho que, de certa forma, até é mais saudável que o que víamos antes! O que é que se aprende com os bonecos agora? Quase nada, sobretudos disparates, muitos mesmo mas essencialmente inofensivos e muito menos violentos que antes. São simplesmente  muito parvos e divertidos, seja para crianças ou para adultos, algo que penso que anteriormente não aconteceria tanto! Os do canal Cartoon Network especialmente mostram imensas influências dos anos 80 pegando em todas as ideias assustadoras na minha geração e tornando-as em comédia irónica.

Visualmente o estilo actual mais recorrente é muito mais cartoon do que anteriormente e, muitas vezes parece ficar a perder para a complexidade do que era feito nos anos 80 e 90. Os Fungies, Titio Avô, TeenTitans Go!, Maçã e Cebolinha e Hora de Aventuras, são todos bastante criativos e cómicos mas o estilo gráfico que seguem não é nada de especial. Por outro lado não posso deixar de referir o Incrível Mundo de Gumball que faz totalmente jus ao seu nome e é mesmo incrível tanto visualmente como narrativamente (e claro, “estupidamente” também). É provavelmente a melhor série de desenhos animados que já alguma vez vi, mesmo para um adulto. Quase todos os episódios fazem referências a algum filme de culto da minha geração e a pequenada adora também. Além disso, combina de forma extraordinária bonecos fofinhos 2D com cenários reais, modelos 3D e o que mais lhes der na cabeça, numa mixórdia que tinha tudo para correr mal mas que se torna genial.

Em que ficamos então? Os desenhos animados de antigamente eram melhor do que agora?

Isso é uma coisa que vai depender muito do que se assistia antigamente e do que se vê agora…

Como arte visual penso que, de uma forma generalista, antes havia um maior esforço para chegar a um resultado impressionante, tendo em conta os meios existentes… nem sempre eram consistentes em qualidade mas tentavam fazer bastante! Hoje em dia a tecnologia ajuda muito mas mesmo assim na maioria casos o aspecto visual dos desenhos animados não tem muito de entusiasmante ou novo (fora raras excepções como o Gumball). Narrativamente e pondo o saudosismo de parte, tenho que admitir que hoje em dia os desenhos animados são super criativos e inteligentes, mesmo na estupidez.. Entretêm miúdos e graúdos gozando com um pouco de tudo e sem medo de ser pateta.

Isso quer dizer que os nossos filhos vão crescer uns grandes patetas? Espero que não, mas também não foi por ver bonecos cheios de pancadaria que me tornei uma pessoa violenta!

Declaro aqui um empate 4-4.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s